• Bibiana Danna

Mundo espiritual e material: duas realidades coeternas

Atualizado: 25 de out. de 2020


moeda

Vivemos no mundo material e o nosso veículo é o corpo, por seu intermédio realizamos várias tarefas e atividades. É a forma que interagimos com as pessoas e com o meio no qual nos encontramos. Além dele, há o lado espiritual que representa o combustível necessário para a alimentação do corpo.

O equilíbrio entre essas duas realidades é uma das tarefas mais difíceis e desafiadoras para o homem. Atualmente, as pessoas estão cada vez mais distantes dessa harmonia entre o veículo e o seu combustível adequado.

A preocupação concentra-se totalmente no veículo e o combustível é deixado para segundo plano. Essa situação traz uma série de distúrbios, pois o corpo não sobrevive sem o seu alimento.

Essa é a sociedade da qual fazemos parte. Valoriza-se a pessoa pelo que ela tem e não pelo que é. O sucesso é medido pelos resultados que ela traz e não pela sua realização pessoal. A felicidade é calcada tão somente nos bens materiais e em tudo mais que o dinheiro pode comprar.

O resultado dessa cultura massificadora – consumista, egoísta, desregrada e sem limites bem definidos do que é certo e errado: “tudo é possível e socialmente aceito” – é observado em todos os lugares e nas mais diferentes situações. O ser humano vem se tornando, a cada dia que passa, mais imaturo e despreparado para viver de forma plena e responsável.

Deixou-se levar pela cultura do entretenimento e na busca de soluções mágicas, rápidas, fáceis e indolores para qualquer tipo de mal-estar a ser enfrentado. A partir deste momento, operou-se a ruptura com o mundo espiritual e uma ligação cada vez mais estreita com o material.

Esse descompasso gera angústia, depressão, ansiedade, solidão, carência e tantos outros sentimentos e emoções desagregadores. É um paradoxo: as pessoas procuram desesperadamente as coisas do mundo material para serem felizes e se sentirem realizadas. Contudo, a paz de espírito está na habilidade de se saber viver com o melhor que cada um dos mundos tem a nos oferecer.

O mundo material é importante, pois é nele que temos a oportunidade de cumprirmos as tarefas para o aprimoramento pessoal. Já o espiritual é marcado pela busca solitária em manifestarmos a nossa melhor versão.

Como visto, há uma ligação íntima entre eles. Cabe, a cada um, ser sábio na condução do seu veículo e na escolha do combustível. Como todas as coisas na vida, é errando que se aprende. Diariamente são necessários ajustes que vão equilibrando os dois mundos.

Cuide do seu veículo e o alimente com pessoas, coisas, pensamentos e sentimentos que te façam ser uma pessoa mais centrada e feliz.

A coeternidade entre o mundo material e espiritual será sempre um tema atual e intrigante. Uma das nossas missões é justamente sabermos harmonizar essas duas realidades e conviver com elas.

O que você está fazendo para conciliar esses dois mundos no qual vive?


Queridos amigos:

Bom dia!!!!

Uma semana muito proveitosa e abençoada para todos! É sempre um prazer encontrá-los todos os domingos no nosso cantinho!

Cada post que escrevo é enriquecido com os comentários que mandam para mim. É uma experiência muito rica. Eu ofereço as minhas reflexões e tenho como retribuição um novo olhar e perspectiva sobre o tema abordado. Com essa troca, crescemos e amadurecemos juntos.

Ao longo do tempo, essa interação foi se tornando cada vez mais ativa e forte. Foi o que aconteceu com o texto “A Verdadeira Beleza”. Na verdade, a sugestão do tema foi de uma amiga muito querida, a Marilene. De início,  foi um desafio escrever sobre uma ideia que não partiu de mim. Contudo, aos poucos, senti uma alegria por conseguir tratar de um assunto sugerido por alguém tão especial.

A partir daí, nasceu a vontade de criar uma enquete na qual todos poderão sugerir temas, assuntos e questões relacionados com a nossa existência e com o mundo no qual vivemos. Afinal de contas, o que te aflige, perturba, emociona e edifica também é sentido pelo outro. Todos temos os mesmos sentimentos e emoções ao longo do caminho. Vivemos em duas realidades coeternas – mundos material e espiritual –  difíceis de administrar com sabedoria. Nada melhor do que compartilharmos e dividirmos as nossas experiências.

O texto de hoje “Mundo Espiritual e Material: duas realidades coeternas” foi sugerido por outra amiga muito especial, a Fabiana.

Faço esse convite especial a todos que participam do nosso cantinho!

Você já pensou qual tema irá sugerir?

Obs: Eu e o Cris estamos pensando na melhor forma de estruturar a enquete (será bem simples e objetiva). Enquanto isso, quem já tiver algum tema em mente basta sugeri-lo na parte de comentários do texto de hoje.

Abraços,

Bibiana Danna.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo