• Bibiana Danna

Somos completos: o vazio é uma criação da mente humana


somos completos 4

Esse sentimento traz a sensação de que sempre está faltando algo. Para muitos isso se traduz em consumo exagerado, sexo desregrado, boemia, relações objetais e tantas outras coisas que em nada contribuem para acalentar o desassossego da alma.

Na verdade, o ser humano se perdeu no momento em que se separou de tudo e de todos. No universo há uma conexão e sincronicidade perfeitos entre os seres vivos, natureza, eventos e coisas.

A partir do momento em que essa lei universal é quebrada opera-se a desarmonia, o desequilíbrio e o medo se instaura.

Trata-se do vazio da alma. Quem nunca se sentiu assim? O segredo para tentar driblar esse inconveniente companheiro de jornada é resgatar a consciência de que somos completos.

Seres completos são aqueles que vivem a sua vida cientes de que a felicidade, ou melhor, a sua paz de espírito está intimamente relacionada com a capacidade de fazer escolhas e assumir a responsabilidade pelos seus atos e decisões. Em síntese: ocupam a posição de motorista da caminhada, são protagonistas da sua história.

Ao longo dessa caminhada, de tempos em tempos, existirão pedras, montanhas, abismos, cataclismas. Isso é fato. Faz parte da situação de vida de todos nós. Porém, para aqueles que sabem e agem como seres completos e em conexão com o universo, as adversidades acima citadas funcionam como importantes aprendizados para a sua evolução pessoal.

Boa notícia: mais cedo ou mais tarde chegaremos lá. Só depende de cada um! O tempo que ficaremos estagnados em cada ciclo será determinado por nós.

A vida é abundante e cheia de oportunidades. Substitua o vazio do seu coração por pessoas e lugares agradáveis. Contemple a natureza e tudo que dela emana. A completude está aí.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo